sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Livros de época-3

Sempre que se fala sobre esse tipo de temática alguém vai lembrar da lendária e maravilhosa Jane Austen.Ela é uma das mais famosa escritoras inglesas do século XVII conhecida principalmente por seus diálogos maravilhosamente bem escritos e cheios de ironia e inteligencia,coisa que na época,para uma mulher,era extremamente criticado.Nasceu dia 16 de dezembro de 1775, em Hampshire, na Inglaterra. Filha do reverendo George Austen e de Cassandra Austen, foi a segunda mulher dentre sete irmãos. Quando completou oito anos, foi enviada a um internato – junto de sua irmã Cassandra, sua melhor amiga durante toda a vida – para receber a educação formal. Seu contato com os livros vem do acesso à biblioteca da família, permitido após a volta do colégio interno.Seus livros foram publicados com o pseudônimo ''By a lady''.

Razão e Sensibilidade – Após a morte de Henry Dashwood, sua esposa e filhas – a sensata Elinor, a romântica Marianne e a jovem Margaret – veem-se subitamente empobrecidas e obrigadas a trocar sua confortável mansão por um pequeno chalé em Barton Park. Enquanto Elinor é controlada e cautelosa, Marianne demonstra abertamente seus sentimentos, recusando-se a adotar a conduta hipócrita que é esperada dela. Apesar de sua prudência, Elinor torna-se cada vez mais apegada a um homem inacessível. Marianne, por sua vez, descobre que seu temperamento afetuoso não é suficiente para garantir sua felicidade. 
 Orgulho e Preconceito:O romance retrata a relação entre Elizabeth Bennet (Lizzy) e Fitzwilliam Darcy na Inglaterra rural do século XVIII. Lizzy possui outras quatro irmãs, nenhuma delas casadas, o que a Sra. Bennet, mãe de Lizzy, considera um absurdo. Quando o Sr. Bingley, jovem bem sucedido, aluga uma mansão próxima da casa dos Bennet, a Sra. Bennet vê nele um possível marido para uma de suas filhas. Enquanto o Sr. Bingley é visto com bons olhos por todos, o Sr. Darcy, por seu jeito frio, é mal falado. Lizzy, em particular, desgosta imensamente dele, por ele ter ferido seu orgulho na primeira vez em que se encontram. A recíproca não é verdadeira. Mesmo com uma má primeira impressão, Darcy realmente se encanta por Lizzy, sem que ela saiba do fato. A partir daí o livro mostra a evolução do relacionamento entre eles e os que os rodeiam, mostrando também, desse modo, a sociedade do final do século XVIII.Considerado a obra prima de Jane Austen, 'Orgulho e Preconceito' ganhou diversas versões para o cinema e televisão, a mais recente em 2005, com interpretações de Keira Knightley e Matthew Macfadyen nos papéis principais. 

Persuasão: O enredo deste empolgante livro gira em torno dos amores de Anne Elliot que se apaixonara pelo pobre, mas ambicioso jovem oficial da marinha, capitão Frederick Wentworth. A família de Anne não concorda com essa relação e a convence romper seu relacionamento amoroso. Anos após Anne reencontra Frederick, agora cortejando sua amiga e vizinha, Louisa Musgrove. 'Persuasão' é amplamente apreciada, pois tem uma simpática história de amor, de trama simples e bem elaborada, e mostra o estilo de narrativa irônica de Jane Austen. Além disto, é original, pelo fato, entre outros motivos, de ser uma das poucas histórias da escritora que não apresenta a heroína em plena juventude. O romance também é um apanágio ao homem de iniciativa, através do personagem do capitão Frederick Wentworth que parte de uma origem humilde e que alcança influência e status pela força de seus méritos e não através de herança.





Mansfield Park:
 Aos 12 anos, Fanny Price teve que ir morar com a família de seu tio Sir Thomas Bertram devido a difícil condição financeira de seus pais. Embora fosse desprezada por maior parte da família, que faziam questão de lembra-la de sua inferioridade, passou a ser a protegida de seu primo Edmund. Contudo, esta gentileza, fez com que os sentimentos de Fanny para com Edmund, se tornassem mais profundos do que ele imaginava.
Abadia de Northanger: Ao passar algus dias na casa de amigos da família, em Bath, Catherine Morland, conhece vários jovens da cidade, entre eles Henry Tillney. E é convidada pelo pai dele, o general Tillney, a visitar uma de suas propriedades, a Abadia de Northanger. Animada com o clima de mistério, a moça aceita o convite prontamente e, durante sua estadia na casa, entra num conflito entre ficção e realidade.

Lady Susan:
É um pequeno romance epistolar de Jane Austen, possivelmente escrito em 1794 mas não foi publicado até 1871. Nunca foi publicado em português.
Este romance epistolar, uma das primeiras obras completas que a autora nunca submeteu a publicação, descreve os esquemas da personagem principal, a viúva Lady Susan, enquanto ela busca um novo marido para ela, e outro para a filha.
 
Espero que vocês gostem,beijinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário