segunda-feira, 2 de maio de 2016

18TÃO


Quando vi, já era ontem. E de repente, minha infância, acabou. Meus medos? Bem, alguns deles me deparo todos os dias. A questão é que a vida passa em questão de segundos. Ontem eu tinha medo de cair da bicicleta e me machucar, hoje eu tenho medo das pessoas. E me machuco sempre. Ontem eu queria ser adulto, ter minhas próprias coisas e bater no peito pra dizer que já tinha idade suficiente pra resolver meus próprios problemas. Hoje, tudo o que eu quero, é um tempo livre pra curtir minha casa, minha cama, minha família, meus amigos, meus cachorros, meu tempo livre. Crescer traz responsabilidades e nem sempre a disponibilidade que precisamos. Mas tudo bem, é a vida. Hoje completo mais um ano de vida, mais um de muitos, assim espero. E não dá pra não agradecer a todos os envolvidos. A todas as pessoas que tiram 5 minutos do seu dia pra mandar um sms, um recadinho no facebook, um tweet ou qualquer outra coisa. Gostaria de agradecer um por um com um abraço bem apertado e dizer: obrigado por alegrar meu dia, mas não dá. Então, sintam-se abraçados nesse texto. Obrigado. (02/05/98, 8h45 AM)

2 comentários: