domingo, 16 de outubro de 2016

[RESENHA] Winter (Marissa meyer)



Ano: 2016
Páginas: 688
Idioma: Português
Editora: Rocco jovens leitores

Sinopse:Bestseller do The New York Times, a série Crônicas Lunares conquistou os leitores com sua releitura high-tech de contos de fadas tradicionais. Depois de Cinder, Scarlet e Cress, inspirados, respectivamente, nas histórias de Cinderela, Chapeuzinho Vermelho e Rapunzel, Marissa Meyer entrega a eles o último capítulo da série, em que reconta a história de Branca de Neve com tintas distópicas. Na trama, a princesa Winter vive subjugada por sua madrasta, Levana, que inveja sua beleza e não aprova os sentimentos da jovem pelo amigo de infância e belo guarda real Jacin. Mas Winter não é tão frágil quanto parece, e, junto com a ciborgue Cinder e seus aliados, a jovem princesa é capaz de ini¬ciar uma revolução e vencer uma guerra que já está em andamento há muito tempo. Será que Cinder, Scarlet, Cress e Winter podem derrotar Levana e encontrar seus finais felizes?

A saga Cinder chegou ao fim, e não poderia terminar de maneira melhor. Essa é uma das poucas sagas que tem o peso entre os 4 livros exatamente iguais. Normalmente em sagas os autores se perdem um pouco no caminho e depois se encontram em algum momento perto do fim, fazendo assim algum dos livros mais confuso ou mais fraquinho. Não foi o caso dessa tetralogia, ela é contínua, fluida, e a escrita juntamente com a imaginação da autora te faz viajar em uma das melhores historias de ficção já escrita (sou extremamente suspeita pra falar, mas confiem no meio julgamento dessa vez).

O livro nos apresenta a historia de Winter, uma princesa que é descrita como incrivelmente bela, ela não precisa usar o glamour para sua aparência ou qualquer outra coisa. Ela nunca usa o glamour, e isso acabou desencadeando uma serie de problemas mentais por reprimir um poder feito para ser usado no dia a dia. A princesa Winter é uma referencia a branca de neve, elas se assemelham tanto na trama do conto de fadas como em aspectos de personalidade e caráter. Um dos principais fatos que diferencia Winter da branca são as suas aparências físicas (Winter é descrita como morena de cabelos enrolados).

A revolução está no ápice, ela é discorrida com tanta tensão e detalhismo que é impossível parar de ler até descobrir o desfecho. A guerra é consolidada, os terrestre e lunares estão guerreando e muitos soldados foram perdidos, principalmente terrestres, os lunares tem a vantagem dos homens geneticamente transformados, além dos taumaturgos poderem usar o poder para manipular qualquer um. A unica saída é Cinder, ela precisa vencer a guerra de ideologias para depois poder vencer a batalha em luna.

Pra quem gosta dos pares românticos da saga: Sinto em dizer que eles não tem tanta visibilidade quanto gostaríamos, existem momentos de extrema fofura entre eles (principalmente Scar e lobo) mas nada que seja incrivelmente romântico e que satisfaça aquele desejo de ver os nossos casais extremamente juntinhos  

Vale muito a pena ler toda a saga e se deliciar com uma distopia incrível, espero que gostem.
4,7/5




Nenhum comentário:

Postar um comentário