quinta-feira, 13 de abril de 2017

[RESENHA] Bons segredos (Sarah dessen)

Ano: 2015 
Páginas: 408
Idioma: português
Editora: Seguinte
Gênero: Young Adult

Sinopse: Há segredos muito bons para serem guardados — e livros muito bons para serem esquecidos. Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho.

Descobri os livros da Sarah a pouco e tempo e tenho me perguntado diversas vezes o motivo de não ter dado a devida atenção a ela antes. Ela é uma referencia forte pra mim atualmente e isso após ler apenas 3 livros dela. A forma como ela trata de assuntos densos com facilidade, cuidado e atenção é belíssima, sua escrita é tão minimalista e perfeccionista que se ela fizesse um livro sobre todas suas listas de supermercados, com certeza eu leria e daria classificação 5/5 aqui.

Esse livro trata principalmente sobre laços, laços de amizade entre estranhos, laços de tristezas que unem famílias, laços que rodeiam e laços que prendem. A vida de Sidney é vazia, após seu irmão sair literalmente da sua rotina, ela não tinha mais ninguém em quem se esconder, em quem se espelhar, ela tinha mais ninguém para usar como escudo no mundo. Seus pais nunca foram exemplo de atenção e cuidado, e quando seu irmão foi preso a vida da sua mãe era dedicada totalmente para ele. Com ela, raramente eles sabiam quando algo estava errado e quando ela tentava conversar, não era ouvida. 

Uma das coisas que mais me deixavam frustradas nessa historia foi a negligencia dos pais de Sidney em relação a ela e a forma como eles tratavam o seu irmão. É uma especie de papeis invertidos, sidney que sempre chegava no horário estipulado, que nunca bebeu, nunca se envolveu em festas e amizades perigosas. Peyton logo no inicio da sua adolescência se envolveu com pessoas que não deveria, foi abordado diversas vezes, e no fim sentenciado a 17 meses de prisão por dirigir bêbado e atropelar um rapaz, e a devoção e confiança dos seus pais, principalmente sua mãe, é totalmente para o seu irmão.

Os necessidade de amigos é algo fortemente apontado nesse livro. Quando Sidney mais precisava, ela encontrou amigos dispostos a fazer coisas que sua família não fazia. Apesar dela ter uma casa, ela encontrou um lar com os Chatham. 

Espero que gostem

5/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário